Capitão Assumção volta pela 1ª vez à Assembleia após Moraes conceder liberdade provisória

4 min read
Político é acusado de participação em atos antidemocráticos, envolvimento em esquema de fake news e ataques a ministros do STF. Capitão Assumção discursa na volta a Assembleia do Espírito Santo
Ellen Canpanharo
O deputado Capitão Assumção (PL) voltou ao Plenário da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) na sessão ordinária desta segunda-feira (11) após ser solto da prisão. Os deputados votaram pela soltura do político, numa decisão de 24 votos a favor e 4, contra. Em seguida, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liberdade provisória ao deputado.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Capitão Assumção foi preso no final de fevereiro por descumprir medidas cautelares. O político é acusado de participação em atos antidemocráticos, envolvimento em esquema de fake news e ataques a ministros do STF. O deputado foi solto, mas com algumas restrições como permanecer com a tornozeleira eletrônica e não postar nas redes sociais.
Quando o deputado foi preso, ele já deveria estar cumprindo algumas medidas, como uso de tornozeleira eletrônica, evitar eventos políticos e proibido de usar redes sociais.
O deputado estava preso no Quartel da Polícia Militar em Vitória e foi solto na noite do dia 7 de março.
📲 Clique aqui para seguir o canal do g1 ES no WhatsApp
O retorno
Nesta segunda-feira (11), na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), o político fez um discurso e agradeceu a colegas de Parlamento que votaram pela soltura dele.
Assumção citou nominalmente cada um dos 24 colegas de Plenário que seguiram a recomendação do parecer do deputado Lucas Scaramussa (Podemos) pelo relaxamento da prisão.
Deputado discursou durante 20 minutos no plenário
Ellen Campanharo
Além dos parlamentares, Capitão Assumção também agradeceu o advogado, Fernando Dilen, o presidente do partido senador Magno Malta (PL) e o presidente da casa, deputado Marcelo Santos (Podemos).
LEIA TAMBÉM:
Vídeo mostra Capitão Assumção saindo de Quartel da PM em Vitória após receber liberdade provisória dada por Moraes
Saiba quem é Capitão Assumção
Segundo a defesa de Capitão Assumção, mesmo com a liberdade provisória, Moraes determinou que ele cumpra algumas restrições.
Algumas das medidas são:
Tornozeleira eletrônica;
Não poder sair do estado;
Não pode utilizar as redes sociais;
Não pode dar entrevista;
E entregar o passaporte.
Relembre o caso
Capitão Assumção foi preso pela Polícia Federal no dia 28 de fevereiro. A prisão ocorreu em cumprimento a pedido do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), feito em janeiro do ano passado, ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por descumprimento de medidas cautelares.
O deputado Capitão Assumção já havia sido condenado a usar tornozeleira eletrônica. A medida foi aplicada em 15 de dezembro de 2022, após uma megaoperação da Polícia Federal.
O parlamentar é acusado de participação em atos antidemocráticos, envolvimento em esquema de fake news e ataques a ministros do STF.
Político participou da primeira sessão na Assembleia Legislativa do Espírito Santo após ser solto
Ellen Campanharo
Após a prisão, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo foi comunicada da decisão pelo ministro Alexandre de Moraes.
Como a Constituição estadual prevê que a prisão de um parlamentar deve ser submetida à avaliação e validação da Casa, os parlamentares capixabas votaram no dia 6 de março.
A decisão foi tomada por 24 votos a favor da revogação e 4 votos contra. Um ofício foi encaminhado ao Supremo Tribunal Federal para que as medidas necessárias para a soltura fossem adotadas.
Deputado Capitão Assumção, do PL, é preso pela Polícia Federal no ES
Na noite de quinta-feira (07) o ministro Alexandre de Moraes concedeu a liberdade provisória para o deputado, mas ressaltando que algumas medidas cautelares (veja quais são ao longo da reportagem) fossem cumpridas.
A defesa disse que agora vai acompanhar a conclusão do inquérito até ele ser encaminhado ao Ministério Público Federal para avaliar se vai ou não receber a denúncia contra o deputado.
VÍDEOS: tudo sobre o Espírito Santo
Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

You May Also Like

More From Author

+ There are no comments

Add yours